Programa Quadrinhos: 30 days of night

30dias

Publicado em: maio de 2003
Editora: Devir
Licenciador: Idw Publishing
Categoria: Edição Especial
Gênero: Terror
Status: Edição única
Número de páginas: 92
Formato: Americano (17 x 26 cm)
Colorido/Lombada quadrada

Preço de capa: R$ 25,00 (cada)
Roteiro: Steve Niles
Arte: Ben Templesmith
Cores: Ben Templesmith
Design: Pedro Moura
Letrista: Fernando Edgar
Tradutor: Sandro Castelli
Editor original: Kris Oprisko 

retorno-barraow_200

Tente imaginar um lugar no mundo onde o Sol não nasce por trinta dias. Um lugar distante, quase esquecido e, ainda assim, habitado. Bem… Esse lugar existe e se chama Barrow. Trata-se de uma cidadezinha perdida na vastidão gelada do Alaska, cujos moradores já se habituaram às condições inóspitas do local e nem imaginam que algo terrível está para acontecer. Mal sabem eles que a longa e gélida escuridão de Barrow será o cenário ideal para o banquete sangrento de um grupo de ampiros famintos. A única esperança de sobrevivência dos habitantes da cidade está nas mãos de Eben e Stella, marido e mulher, e também os representantes locais da lei. Mas conseguirão eles salvar a cidade que amam ou o manto da morte cairá sobre todos para sempre? Escrita por Steve Niles e pintada por Ben Templesmith, 30 DIAS DE NOITE é uma daquelas poucas histórias da nova safra de terror que podemos chamar de originais e, para a sorte dos cinéfilos, acabou de ser adaptada para os cinemas numa superprodução assinada por Sam Raimi, dirigida por David Slade e estrelada por Josh Hartnett e Melissa George.

O que eu achei?

Mais uma participação minha no Programa Quadrinhos. Dessa vez com 30 dias de noite, um quadrinho de terror que eu gosto muito. Nada de romantização de vampiros, aqui temos uma versão brutal e cruel, de um verdadeira caçador. Um tipo de vampiro que me parece bem mais coerente do que esses onde os vampiros (predadores) se apaixonam por humanos (sua presa).

A arte em tom azulado reflete muito bem o clima da HQ, mais frio, tenso, obscuro. Os vampiros são desenhados com traços que lembram muito tubarões, uma pele fria, com ar de cadáver, olhos negros e dentes afiados. O vermelho ganha destaque, quase como um filme do Tarantino. O clima de tensão que o quadrinho transmite é claustrofóbico, especialmente por ser uma cidade que enfrenta meses de escuridão, sem luz solar, se tornando um banquete para os terríveis vampiros.

Quer saber mais sobre o quadrinho? Assiste o Programa Quadrinhos abaixo.

O Programa Quadrinhos é apresentado toda quarta-feira onde nunca começa ás 11h e nunca termina ás 12h em ponto e reprisado no sábado onde nunca começa ás 22h e nunca termina ás 23h em ponto, na rádio Utopia FM, 98,1, radio comunitário de Planaltina DF.

 

Mundo Avesso, Carlos Ruas


9

Meu exemplar autografado! =D

Em 2018 o Carlos Ruas, autor das tirinhas do Um Sábado Qualquer, (que eu amo) lançou na plataforma Catarse o projeto do livro O Mundo Avesso faz parte do universo USQ. Eu fiz a rycah e apoiei com o Pacote Kant recebendo o Mundo Avesso e os outros quatro livros do USQ. E essa belezinha chegou aqui em casa me deixando muito feliz pois ainda ganhei ou mouse pad e dois marcadores personalizados (brindes inesperados são amor no core!).

Assim que chegou consulti o Edson e ele aceitou quebrar a programação e fazer um Programa Quadrinhos para esse livro. O Programa foi ao ar na última quarta-feira e já adianto que ambos gostamos muito do Universo USQ, então puxamos o saco mesmo. Não houve nenhuma imparcialidade da nossa parte.

O Mundo Avesso tem uma pegada mais reflexiva e filosófica, e é excelente para abrir mentes e nos mostrar como certezas não são tão certas assim, muito menos para todo mundo. E eu gosto muito da forma como o Carlos Ruas faz isso, com leveza e clareza. Claro que as tirinhas também estão disponíveis na internet (nesse link aqui), mas como eu gosto muito de apoiar os produtores de conteúdo e artistas, fiz questão de comprar meu exemplar.

Por enquanto, os livros anteriores podem ser encontrados na lojinha parceira do USQ mas o Mundo Avesso ainda não. E em 2019 deve vir o livro Cães e Gatos que eu também quero! Agora vou ler os livros antigos, pois embora eu já tenha lido na net, eu já percebi que os livros de tirinhas ganham uma organização toda especial quando publicados em livros, e eu gosto dessa organização que muitas vezes não percebemos ao longo das postagens.