Programa Quadrinhos: Fun Home – Uma Tragicomédia em Família

Publicado em: agosto de 2018
Editora: Todavia
Licenciador: Alison Bechdel
Categoria: Edição Especial
Gênero: Drama
Status: Edição única
Número de páginas: 240
Formato: (16 x 23 cm)
Colorido/Preto e branco/Lombada quadrada

Preço de capa: R$ 54,90
Roteiro: Alison Bechdel
Arte: Alison Bechdel
Letrista: Lilian Toshimi Mitsunaga – ‘Miriam Tomi’
Tradutor: André Conti 


Sinopse: Pouco depois de revelar à família que é lésbica, Alison Bechdel recebe a notícia de que seu pai morreu em circunstâncias que poderiam indicar um suicídio. Nesta autobiografia, ela explora a difícil, dolorosa e comovente relação com o pai e retraça os próprios passos, da criança que cresceu entre os cadáveres da funerária da família à jovem que se encontrou nos livros e na arte. Num trabalho sutil, Bechdel trilha o caminho de sua vida em busca de um pai tão enigmático quanto incontornável.

‘Fun Home’ é um dos maiores fenômenos literários desta década. Eleito o “livro do ano” em 2006 pela revista Time, figurou na lista de livros mais vendidos do The New York Times e faturou diversos prêmios (entre eles, o Eisner Awards de Melhor Não-Ficção). O álbum é um livro de memórias, onde a quadrinista Alison Bechdel revisita a sua infância e adolescência – especialmente a descoberta de sua homossexualidade e a difícil relação com seu pai Bruce Bechdel. Homossexual não-assumido, Bruce passava mais tempo reformando o casarão vitoriano que moravam do que dando atenção à família.

Com forte teor literário, Alison conduz a história com maestria, fazendo referências a inúmeros clássicos da literatura universal. Sua relação com o pai a faz lembrar do mito de Ícaro e Dédalo, a sua mãe, atriz amadora, ora é um personagem de Henry James, ora de Oscar Wilde. A proximidade de Alison com as letras vem do berço: Bruce era professor de literatura em Beech Creek, a pequena cidade onde a autora cresceu. A outra ocupação de Bruce era cuidar da casa funerária da família – funeral home, em inglês – que, abreviada para fun home (“casa da diversão”) pelas crianças, dá título ao livro.