Ele não está tão a fim de você

Eu sou tímida e impaciente. E gosto de saber o que aconteceria se…

Lembro que já fui muito romântica na vida, levei tanto na cara que acabei pesquisando e entendendo que nós mulheres somos treinadas, programadas para sermos românticas. O melhor livro contra o romantismo crônico: A Cama na Varanda de Regina Navarro Lins. O melhor filme: Ele não está tão a fim de você (2009).

Uma das primeiras coisas que aprendi é a lutar pelo que quero, e saber abandonar o barco quando a coisa fica feia. Quando gosto de um cara eu vou atrás, chamo para sair, demonstro que estou interessada, mas aprendi a identificar quando o cara não está tão a fim de mim, ou simplesmente não tá interessado.

Assim eu desenvolvi 3 regras de ouro que me permitem identificar comportamentos que demonstrem a falta de interesse alheia (aqui discutida em termos de relacionamentos amorosos, mas aplicáveis a todos os tipos de relacionamento): Reciprocidade, Contato e Busca.

1ª Regra (e a mais importante): Reciprocidade. Base de qualquer relacionamento saudável. Quando um não quer, dois não fazem nada, ou ao menos não deveriam. Portanto na paquera, no relacionamento, na vida, é preciso que os dois se movimentem de forma recíproca. Ambos devem se buscar, se interessar, se envolver. É parceria e não conquista. Conquista envolve domínio, ideia que eu rejeito para relacionamentos. Além disso, a paquera/sexo é uma dança a dois, podemos começar dançando em ritmos diferentes, mas se não há esforço de ambos em harmonizar nossos ritmos, bem, não vai funcionar.1

2ª Regra: Contato. Essa deriva da primeira. Uma vez que o cara tenha meu telefone, e eu já converso com ele por ligação, whats app, facebook, sei lá. eu espero que ele também me ligue, me chame, dê sinal de fumaça. Se somente eu tenho interesse nele, no que ele faz, do que gosta, aonde vai, o que acontece com ele, bem, ele não está a fim. Se encaixa bem aqui o caso dos caras que apenas respondem o que perguntamos mas nunca se interessam por nós.2

3ª Regra: Busca mútua. Também deriva da primeira regra. Quando desejamos alguém, queremos ver, tocar, cheiras, abraçar, conversar, enfim, buscamos o outro. Se isso não ocorre por parte do cara, é óbvio que ele não está nem um pouco afim. Eu diria até que nem sexo ele quer (é um soco na autoestima, eu sei, mas a verdade é sempre melhor).3

Leva um tempinho para dar check nos três itens, mas uma vez que isso ocorra, bom, é hora de seguir em frente.4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s