Buenos Aires – Dia 3

Para o 3º dia nosso plano era ir às compras, e nosso destino foi Palermo. Eu queria dar uma olhada nos tão aclamados outlet’s. Eu só esqueci de uma coisa: nunca fui fã de pagar para fazer propaganda para marca nenhuma, além de nunca usar roupas de marca… O resultado é que o dia de compras se resumiu a uma manhã frustrante onde acabamos comprando apenas uma bolsa de couro e algumas roupinhas infantis.

Acreditem é mais prático comprar artigos de couro aqui em Brasília mesmo, pois pelo menos aqui eu posso dividir. Lá, bolsas feias estavam $600,00 para cima. Nada a ver, né? Nas lojas a gente encontra bolsas de couro lindas, com excelente acabamento entre R$200,00 a R$400,00 tranquilamente. Tem mais caras, mas quem procura acha fácil nessa faixa de preço. E lá as bonitas estavam acima de $900,00. E para quem tem paciência, BSB tem a Expotchê que sempre tem artigos excelentes.

SAM_0454 SAM_0457

Fomos almoçar no Miranda que fica ali próximo.  Não achamos o cardápio apetitoso mas pedimos um aperitivo, seguido de Bife de Chorizo com papas (que sempre é bom por essas bandas) e eu encarei um sanduiche de bife. Galera, o aperitivo era de entranhas! Nem comi por que sou fresca e não como entranha de bicho. Lá tinha nosso choriço, rins, pulmão e língua grelhados! Ecaaaa. A Mama e a Vó tentaram encarar mas também não conseguiram. Rs. Já os pratos principais estavam bons, mas não espetaculares. Comum sabe?

SAM_0493 SAM_0512

A tarde resolvemos incluir o Jardín Japonés no nosso tour já que ficamos com a tarde livre. E aí sim, eu que sou fã de jardins, de parques e toda essa natureza, acabamos gastando uma tarde inteira apreciando esse jardim. Belíssimo e que me renderam muitas fotos interessantes. Recomendo muitíssimo a visita.

A noite resolvemos ir jantar no Cabaña Villegas. O restaurante é no estilo do Bahia Madero, mas a experiência foi oposta. Fomos atendidas por um garçom que  fez piadinhas de mau gosto, o que fez com que reclamássemos para o gerente. A comida estava deliciosa, com a tradicional entrada de pão com molhinho da casa e um vinho que nós não gostamos pois tinha muito tanino. E no final foi nossa conta mais cara em BsAs: $555,00.  Outro lugar que eu não recomendo para quem for para lá. Fechamos com uma mini caminhada por Puerto Madero e voltamos para o hotel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s