Resenha: Lua Nova

Um brinde aos livros chatos. A autora resolve que, já que Bela Swan deve sofrer, os pobres leitores devem sofrer também. Nossa, que garota depressiva, maníaca obsessiva compulsiva. Sabe aquela amiga que morre a cada amor? Pois é. Essa é Bella Swan na vida real depois de levar um fora de Edward Cullen. Sabe eu já amei (no momento estou solteiríssima). E eu acho muito prejudicial influenciar jovens adolescentes a entrarem nessa deprê horrível. Sei lá, essa garota precisa de psiquiatra e amor próprio! Virar uma vampira não mudará essa personalidade esquizofrênica. Uns dias com essa garota e todo mundo agüenta. Pensa na eternidade ao lado dela? Pobre Edward. Ganhou o prêmio paciência Jabuti do ano. Apesar que ele também é obsessivo. O cara tentou se matar!!! Isso não amor não, é loucura. Então talvez sejam um par perfeito. Um alimentando a loucura do outro. Rsrs.
Não vou gastar meu tempo com esse drama trágico. Quem ler entenderá. Li na internet que esse é o livro mais sombrio. Não, é o mais chato, com alguns pontos interessantes, mas via de regra, triste.
Agora sim temos um Team Jacob. Pensa que o garoto ficou gato!!! Já tinha gostado no filme, agora achei perfeito! Definitivamente eu prefiro o Jacob. Ativo, inteligente, charmos e… atual!!!! O cara não tem cento e poucos anos!!! Sei que ele não ficará com a Bella, mas merece uma gata. Aliás é a interação com o Jacob, que tem muita atitude que salvou esse livro.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s