Arquivo | julho 2011

Cisne Negro – Resenha


Sinopse 

Cisne Negro é um thriller psicológico ambientado no mundo do balé da Cidade de Nova York. Natalie Portman interpreta uma bailarina de destaque que se encontra presa a uma teia de intrigas e competição com uma nova rival interpreta por Mila Kunis. Dirigido por Darren Aronofsky (O Lutador, Fonte da Vida), Cisne Negro faz uma viagem emocionante e às vezes aterrorizante à psique de uma jovem bailarina, cujo papel principal como a Rainha dos Cisnes acaba sendo uma peça fundamental para que ela se torne uma dançarina assustadoramente perfeita.


Esse final de semana resolvi atualizar um pouco minha lista de filmes. Começando por Cisne Negro que estava em casa e eu não animava a assistir pois a sinopse não me animou muito. Mas investi meu tempo…
Esquizofrenia. Pronto, falei. Psicólogos seriam perfeitos para explicar o filme, e nós leigos, podemos nos deliciar com o aspecto psicológico do filme. O final é óbvio mas não diminui a qualidade da interpretação e a densidade da história. A mãe superprotetora que não permite a filha crescer. A quebra da personalidade (representada no poster do filme), e a dedicação incrível do artista em prol da arte. Aliás esse filme me lembra a história de Heath Ledger no filme do Batman em que, especulações inclusas, a dedicação ao personagem levou ao desequilíbrio psicológico e ao suicídio.
Anúncios

REVOLTA – Sutiãs taça C e D

[Imagem: Ah! Sai Coelho]
Meninas, tem coisa mais chata que só poder usar sutiã básico? Nada de rendinhas, frufrus, lacinhos. Nada! Aqueles sutiãs fofos, lindos e poderosos? Eu já nem sonho. Minha batalha diária é achar sutiã que me sirva. E já tá bom demais! Essa é minha realidade.
Eu sou uma das azaradas sortudas que precisam usar sutiãs com modelagens especiais. Minhas costas são estreitas demais para meu busto. Superlindo. Elogios a torta e à direita. Povo acha lindo o peitão poderoso. Eu já pensei várias vezes em cirurgia, pois me sinto frustrada com minhas opções: preto, bege, vermelho e branco e, SEMPRE lisos. 
O tamanho do meu sutiã é 46 taça C ou D. A D fica perfeita mas é superdifícil de encontrar então, fico com a C mesmo que já é melhor que nada.
Eu já gastei muita grana comprando sutiãs até o 50 em revista. Se servisse o bojo eu ajeitava as laterais em alguma costureira, mas isso não deu certo até hoje (e isso é ridículo, afinal um bojo tamanho 50 deveria encaixar em meus seios, não?!).
Já gastei horas dentro de lojas como Scala, Jogê, Hope, apenas para sair de mãos abanando. O catálogo até tem tamanhos especiais, mas você não encontra nas lojas e aí as vendedoras ficam tentando te enfiar aqueles modelos que simplesmente não servem! Com alças fininhas que machucam os ombros devido ao peso do seio… E eu saio de tudo quanto é loja frustrada.
Loja de Departamento então, nem passo perto da sessão de lingerie. Sei que nenhuma vai servir mesmo… Renner, Otoch, Riachuelo, Marisa. É muito raro encontrar taça C. Simplesmente não me atende.
Minha primeira opção, esperança e rombo no bolso fica com a Any Any, onde eu compre e experimento sutiãs que me servem perfeitamente. Taças D por sinal. Pagando R$98,00 pelo sutiã… Facada não? Mas é uma das minhas opções… O Problema aqui é que os conectores são de plástico, e seios fartos são pesados. E a nossa falta de opção nos faz usar cada sutiã com MUITA frequência. Logo aqueles conectores quebram em 2 meses no máximo. Por ser a única marca que conheço que você pode mudar as alças, cruzando nas costas, deixando frente-única e tal. Eu sempre tenho um de cada cor em casa, para usar com roupas diferenciadas.
Minha segunda opção é ficar atenta na revista DeMillus, que tem sutiãs mais em conta e que duram horrores. A revista mantém 2 modelos de sutiãs taça C por campanha, então o jeito é acompanhar para comprar os modelitos. Teve um pretinho rendado lindo! Sem opções de cores, mas ao menos era bonito. Na campanha passada eu comprei um vermelho e um preto todo em renda. Chegaram ontem e eu fiquei muy feliz!!!

Recentemente me inspirei para uma última opção (que talvez se torne na minha melhor opção): personalizar meus sutiãs… Eu compro sutiãs básicos e levo em uma costureira para acrescentar rendinhas, lacinhos e pedrinhas. Compro os brancos e tinjo… Não é perfeito, mas amplia muito as minhas opções. Vou testar e conto aqui como foi… Afinal sempre sonhei com um sutiã azul…

Já que eu to reclamando disso mesmo… Sabe conjuntinhos de calcinha e sutiã? Eu nunca tive um. Sutiãs com taças especiais raramente são feito com calcinhas… portanto o jeito e andar descombinada mesmo… ¬¬