Contraditório

[Hoje eu me sinto como um pássaro
que fez de suas asas sua própria gaiola.]

Só porque hoje eu já chorei demais, ri demais e me senti tão pesada que a euforia tomou conta do meu ser. De maneira contraditória meu riso era dor, meu choro era felicidade e ambos se engalfinhavam como se quisessem estraçalhar o parco equilíbrio que alcancei após tantos anos de luta.
Bravamente eu tentei resistir, achar o meio termo, mas o meio termo fugiu de mim. Se escondeu no mato onde eu nunca o acharia. Tentando acalmar a briga apelei para o bom senso e descobri que o bom senso também havia me abandonado.
O que fiz eu para merecer tamanha desventura? Sem bom senso nem meio termo a briga se perpetua eternamente dentro de mim…
Anúncios

Um pensamento sobre “Contraditório

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s