Bissexualismo

Ultimamente todo mundo quer ser bissexual. E isso me faz questionar: isso é moda? Ou somos seres bissexuais?

Bissexualidade, “relativo ao relacionamento sexual com indivíduos dos dois sexos”, é inerente ao ser humano. Mas temos [des]educação sexual tão repressora que somos incapazes de admitir certas aspectos de nossa sexualidade. Reprimimos tudo, e depois ficamos sem entender os por quês disso e daquilo.

Dizem que o espírito é assexuado. Não tem sexo. Então por que os nossos desejos tem que ter?
Dizem que tesão não é pelo sexo do outro, mas pelo cheiro, pela pele, pela voz, pela pessoa. Então por que exclui-se daí, todos os cheiros, peles, vozes e pessoas do mesmo sexo que o nosso? Isso representa 50% das possiblidades!

Homens. Mulheres. Somos todos excitantes. Excitáveis. Nossa sexualidade é linda. É sexy. É charmosa e nos preenche a alma.

Não faço apologia ao sexo desregrado, como muitos podem pensar ao ler este post. Mas acho o sexo algo tão sublime e tão injustiçado que eu tinha que falar.

Não acredito que fazer sexo com uma pessoa diferente por dia seja bom. Ao contrário. É [muito] prejudicial. Eleva os riscos de contaminação por HPV. Aumenta as chaces de contrair diversas DST’s. Enfraquece nossa alma, sedenta de amor. pois sexo com tantas pessoas diferentes não favorece o companheirismo e descoberta, mas o individualismo do “só meu prazer importa”.

Sexo que machuca (desculpem-me os praticantes de Dominação, Sadismo e Masoquismo) física ou espiritualmente não me parece bom. Lutamos tanto contra o Bulling, Assédio Moral, Violência Doméstica. Batalhamos por uma sociedade não violenta. E queremos inserir a violência no ato mais íntimo e sublime do ser humano? Me parece contradição. Sexo deve nos enlevar, excitar, alegrar, inspirar, acarinhar. Sexo existe para nos preencher e fortalecer elos de amor e carinho. Humilhação, escravidão, machucados, marcas roxas, é tudo tão anti-amor, anti-saúde. (Veja que exclui o Bondage por enxergar essa prática como um plus, um acessório, um brinquedo para a atividade sexual).

Minha vontade aqui, é pedir que as pessoas parem de se reprimir. Que permitam-se, e aos seus corpos, a expressão sexual. Percebam que sexo é o apice do envolvimento. Afinal, não permitimos estranhos em nossas casas, por que permitiríamos em nosso corpo? Ele é lar de nosso espírito.

Sexo não é brinquedo. É uma importantente parte de nossa vivência como seres humanos, sexuais, sociáveis e relacionáveis. Não somos amigos de estranhos. Não declaramos amor eterno à pessoas que acabamos de conhecer. E não restringimos nossos sentimentos, amor, carinho, afeição e amizade ao sexo oposto. Por que fazer isso com nossa sexualidade? Por que expôr nossa intimidade ao alcance de qualquer um? Seja na boate, seja no barzinho, seja no serviço, seja com um desconhecido?

Vamos vivê-la em plenitude e respeito. Buscando conhecer nós mesmos, nossos corpos. Para termos na sexualidade uma fonte de prazer e harmonia. Jamais uma fonte de frusrações, desequilíbrios e pesadelos.

Sexo só é bom quando feito com amor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s