O Cheiro

[É no cheiro que se encontram o desejo, a emoção, a vontade, a saudade, a sedução, o tesão, o amor, o carinho, o respeito…]
June A

O olfato é o único dos sentidos que tem conexão direta com o processamento de emoções e o armazenamento de memórias.

Perfumes ou odores são capazes de despertar sensações de alerta ou tranqüilidade, conforto ou incômodo. Além disso, o olfato nos informa a origem de cada coisa e está intimamente relacionado ao instinto de sobrevivência.

Não raro “algo que não cheira” bem nos avisa de que há algo errado com um alimento ou até com uma situação.

Que namorada nunca pediu a camisa usada do namorado e dormiu agarrada, tranquila, pensando nele, sentindo a presença dele?

Quando o cheiro da pele, do suor, dos lábios, de tudo agrada, é que a famosa química aconteceu, e poucas coisas serão capazes de impedir a aproximação desses dois corpos ansiosos de satisfação…

Anúncios

Um pensamento sobre “O Cheiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s