Desencanto

[Eu disse que conseguia não disse? Ponto para moi…]
June A

Hoje vendo-o ao lado dela posso dizer que estou desencanando. Que quase não sinto mais nada. Hehehehehehe Tirando o fato de que gostosura não lhe falta nem um pouco, e isso continuo e continuarei admirando, posso dizer que foi muito tranquilo. Nada de dor. Nada de sofrimento. Somente um grande carinho. Vontade de ser feliz e deixar todo mundo ser feliz também.

Bom, muito bom. Pois isso significa que posso sair pra balada hoje e sentir a liberdade de novo. Beijar, dançar, me amassar… Quero muitoooooo. To com saudades disso. Saudades do tempo em que meu coração era um pássaro ao sabor do vento, ora aqui, ora acolá. Sem pouso, sem rumo, sem direção.

Foi bonito. Descobri que posso amar. E que sei amar com despreendimento. Ele sempre vai ser um marco como primeiro homem a me interessar seriamente. O primeiro a quem tentei conquistar.

Minha primeira decepção e meu primeiro não. Minhas primeiras lágrimas de amor. Os primeiros gozos destinados. Os primeiros sustos e ansiedades. Meu primeiro amor depois do primeiro amor…

Primeiro Amor / June A

Foi assim
Um momento fugaz
Gentil sentimento que foi surgindo
Devagar, com carinho
Desejo misturado à inocência
Perdido em meio às nossas diferenças
Gritantes
Dois mundos
Distintos
O meu era de amor
E eu teria lutado, superado
Apostei, busquei
Tentei
Mas seu mundo não era de amor
Era de brincadeira
De diversão
Você não lutaria, não superaria
Não apostou nem buscou
Não tentou
Seu caminho seguiu rumo oposto ao meu
Mas esse carinho que sinto aqui em meu peito
Te acompanhará
Em minhas preces você permanecerá
Em meu álbum do coração, trazendo boas lembranças
Momentos felizes e inocentes
De um amor juvenil
Meu desencanto

Desencanto / Chico Buarque

Leve então
O resto desta ilusão
E todos os cuidados meus
Brinquedos dos caprichos

É pena porque foi tão lindo amar
Sentir você sonhar tão junto a mim,
Ouvir tanta promessa,
Fazer tanta esperança,
Pra hoje ver lembrança, tudo enfim

Nâo passou
De um triste desencanto, amor,
E desde então eu canto a dor
Que eu não soube chorar

Photo By: recebido por e-mail
Anúncios

Um pensamento sobre “Desencanto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s