Lanternas de Papel

Eu queria trazer-te uns versos
Eu queria trazer-te uns versos muito lindos
colhidos no mais íntimo de mim…
Sua palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para os ouvir…
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel.
Trago-te palavras, apenas… e que estão escritas
do lado de fora do papel… Não sei, eu nunca soube
o que dizer-te
e este poema vai morrendo, ardente de puro, ao
vento da Poesia…
como
uma pobre lanterna que incendiou!


[Mário Quintana]

Meme Se eu Fosse…

Encontrei esse Meme no Espartilho e, claro, adorei e copiei!!!! Adoro Memes…

Se eu fosse um mês seria…Janeiro

Se eu fosse um dia da semana seria… Sábado

Se eu fosse um número seria… Dois

Se eu fosse um planeta seria… Saturno

Se eu fosse uma direção seria… Para cima

Se eu fosse um móvel seria… Um guarda-roupa enorme… Cheio de gavetas!!!!

Se eu fosse um líquido seria… Chocolate Quente

Se eu fosse um pecado seria… Luxúria

Se eu fosse uma pedra seria… Qualquer uma transparente…

Se eu fosse um metal seria… Titânio

Se eu fosse uma árvore seria… Chorão

Se eu fosse uma fruta seria… Pêra ou Maçã

Se eu fosse uma flor seria… Copo de Leite

Se eu fosse um clima seria… Outono. Aquele friozinho bem gostoso…

Se eu fosse um instrumento musical seria… Gaita

Se eu fosse um elemento seria… Terra

Se eu fosse uma cor seria… Branco

Se eu fosse um animal seria… Borboleta

Se eu fosse um som seria… Reggaeton ou Tango

Se eu fosse uma letra de música seria… Hoy no Entiendo de Nada (Efecto Mariposa)

Se eu fosse uma canção seria… Seu Nome (Luiza Possi)

Se eu fosse um estilo de música seria… Latino (Reggaeton, Salsa, Tango, Zouk, Cigana, etc)

Se eu fosse um perfume seria…Nazareno Gabrielli pour femme.

Se eu fosse um sentimento seria… Surpresa.

Se eu fosse um momento seria… Agora

Se eu fosse um livro seria… Fernão Capelo Gaivota

Se eu fosse uma comida seria… Comida Italiana

Se eu fosse um lugar (cidade) seria… Canelas – RS

Se eu fosse um gosto seria… Chocolate meio-amargo

Se eu fosse um cheiro seria… Ylang-ylang

Se eu fosse uma palavra seria… Desejo

Se eu fosse um verbo seria… Acreditar

Se eu fosse um objeto seria… Carta

Se eu fosse uma roupa seria… Espartilho

Se eu fosse um chapéu seria…Boina

Se eu fosse uma parte do corpo seria… Costas

Se eu fosse uma expressão seria… Auqela de criança travessa… KKKkkkk

Se eu fosse um desenho animado seria… Ursinhos Carinhosos ou Cavalo de Fogo

Se eu fosse um filme seria… Dança Comigo?

Se eu fosse forma seria… Círculo

Se eu fosse uma estação seria… Outono

Se eu fosse uma frase seria… “O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.” Antoine Saint-Exupèry

Gosto, gostar, gostoso.

“Eu não gosto de bom gosto.
Eu não gosto de bom senso.
Eu não não gosto de bons modos.
Não gosto.”

Se há um verbo relativo esse verbo certamente é gostar.
Verbo etéreo.
Relativo.
Subjetivo.
Cada um gosta de algo.
Algumas vezes gostamos das mesmas coisas.
Outras nem tanto.
Em algumas definitivamente detestamos o que o outro gosta.
E daí?

Eu gosto de filme trash.
Não aprecio bibliografias.
Detesto Maxixe.
Gosto de tango.
Não gosto muito de funk.
Detesto Balé.
Gosto de lamber Chandelle nos dedos.
Gosto mesmo.

Mas gostoso mesmo é ser surprendida.
Por um olhar não esperado.
Por um presente.
Por um sorriso.
Pela mão na cintura em momento desnecessários.
Por um toque discreto, secreto.
Isso é gostoso…

E assim vamos nós…
Gostando, amando, adorando…

Perfeição….


WILL
Eu já transei, sabia?

Sean sorri.

SEAN
Já? Tem namorada agora?

WILL
Tenho. Saímos juntos na semana passada.
SEAN
Como foi?
WILL
Tudo bem.
SEAN
Bem, vão sair outra vez?

WILL

Eu não sei.

SEAN

Por que não sabe?
WILL
Eu não telefonei pra ela.
SEAN
Jesus Cristo, você é um amador!
WILL
Eu sei o que estou fazendo. Ela é diferente das outras garotas que já conheci. Nós nos divertimos muito juntos. Ela é inteligente, bonita, divertida…
SEAN
Cristo, então, telefone pra ela.
WILL
Por que? Para acabar vendo que ela não é tão inteligente. Que é chata. Você não entende. Neste momento ela é perfeita. Não quero estragar isso.
SEAN
E neste momento você também é perfeito. Talvez não queira estragar isso também.
Will fica calado.
SEAN
Muito bem, acho que é uma filosofia legal, Will. Desse modo você pode passar a vida toda sem chegar a conhecer ninguém de verdade.
Sean olha para Will, que desvia os olhos.Uma pausa.
(O roteiro segue com Sean contando como sua mulher desligava o despertador toda noite, enquanto dormia e o fazia perder a hora de manhã. Sean completa.)
SEAN
Minha mulher morreu há dois anos, Will. E quando penso nela é nesas coisas que penso mais. Pequenas idiossincrasias que só eu conhecia. Era isso que fazia dela minha mulher. E ela sabia coisas de mim tb. Pequenas coisas que faço por hábito. Chamam essas coisas de imperfeições, Will. Mas é apenas o que somos. E nós escolhemos quem vamos apresentar ao nosso mundinho estranho e estreito. Você não é perfeito. E deixe que eu o livre do suspense, essa garota que você conhece tb não é. A questão é se vocês são ou não perfeitos um para o outro. Você pode saber tudo que há no mundo, mas o único meio de descobrir isso é tentando. Certamente não vai conseguir a resposta de um velho como eu. E mesmo que eu soubesse, não lhe diria.
[Fragmento do roteiro de Gênio Indomável]