[…pues a mi me apetece tus manos en mi piel…]
.
No meio da aula e eu aqui, boba, pensando em você…
E no seu jeito de olhar, tão marcante, tão sério, tão homem, tão seu.
E nesse seu sorriso preguiçoso, que provoca desejos e anseios em mim.
Esse sorriso que me desarma, me alarma, me derrete.
No seu toque macio, exigente, firme e gentil.
Em suas mãos que me param o coração cada vez que se aproximam.
Essas mãos que deixam em mim um rastro de fogo e que eletriza minha estrutura.
E em seu cheiro…
Deus esse seu cheiro. Meio homem, meio animal. Meio príncipe, meio plebeu.
E fico eu aqui… Só pensando e desejando você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s