Menina e Mulher


Ser mulher é viver mil vezes em apenas uma vida, é lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora, é correr atrás das nuvens em um dia de sol e alcançar o sol em um dia de chuva. Ser Mulher é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividí-lo com o mundo.

De vez em acontecem coisas que só Deus pra entender…
Hoje tive o suspeito prazer de ser questionada se era menina ou mulher…
Ignorando explicitamente e voluntariamente o momento e a inadequação da pergunta realizada acabei refletindo sobre a pergunta…
Menina ou Mulher?
Minha resposta?
Ambas.
Simplesmente porque um não exclui o outro.
Sempre serei uma menina
que corre atrás de borboletas;
que grita de prazer vendo peixinhos;
que fica rodando só pra sentir a liberdade de girar;
que desenha florzinhas;
que assiste desenhos animados;
que faz birra de vez em quando;
que faz biquinho e charminho pra conseguir atenção;
que fica com cara de culpa sempre que é pega em alguma traquinagem;
que é menina e adora sê-lo.
Mas também sou mulher e quero ser pra sempre
diferenciando muito bem cosquinhas de outras coisinhas;
sentindo o prazer de um batom novo, blusa nova, etc;
descobrindo como meninos são bem mais interessantes do que eu imaginava;
diferenciando sutilezas, delicadezas e palavras não-pronunciadas;
sendo mil em uma e uma em mil.