Arquivo | outubro 2007

Você Pra Sempre – Sandy e Junior

Composição: Sandy Leah, Júnior Lima

Eu só quero estar no teu pensamento
Dentro dos teus sonhos e no teu olhar
Tenho que te amar só no meu silêncio
Num só pedacinho de mim

Eu daria tudo pra tocar você
Tudo pra te amar uma vez
Já me conformei, vivo de imaginação
Só não posso mais esconder

Que eu tenho inveja do sol que pode te aquecer
Eu tenho inveja do vento que te toca
Tenho ciúme de quem pode amar você
Quem pode ter você pra sempre

Pegue a Musica Aqui

O segredo do casamento


“O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Os arranca-rabos são inevitáveis. O segredo, no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo”.
Meus amigos separados não cansam de me perguntar como eu consegui ficar casado trinta anos com a mesma mulher.
As mulheres, sempre mais maldosas que os homens, não perguntam à minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo.
Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo.
Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas, dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue.
Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém
agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade, já estou em meu terceiro casamento a única diferença
é que me casei três vezes com a mesma mulher.
Minha esposa, se não me engano, está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes do que eu.
O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher.
O segredo, no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo.
Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no
dia-a-dia do casal.
De tempos em tempos, é preciso renovar a relação.
De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar,
voltar a se vender, seduzir e ser seduzido. Há quanto tempo vocês não saem para dançar?
Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo
como se seu par fosse um pretendente em potencial?
Há quanto tempo não fazem uma lua-de-mel, sem os filhos eternamente brigando para ter sua irrestrita atenção?
Sem falar nos inúmeros quilos que se acrescentaram a você, depois do
casamento.
Mulher e marido que se separam perdem 10 quilos num único mês,
por que vocês não podem conseguir o mesmo?
Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugares desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo e a maquiagem.
Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.
Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas.
Muitas vezes não é sua esposa que está ficando chata e mofada, são os
amigos dela (e talvez os seus), são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração.
Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um
dos prazeres da separação.
Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo círculo de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar.
Isso obviamente custa caro, e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento.
Mas, se você se separar, sua nova esposa vai querer novos filhos,
novos móveis, novas roupas, e você ainda terá a pensão dos filhos da
união anterior.
Não existe essa tal “estabilidade do casamento”, nem ela deveria ser
almejada.
O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos.
A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma “relação estável”, mas saber mudar junto. Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado fazer no início do casamento.
Você faz isso constantemente no trabalho, por que não fazer na própria família?
É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.
Portanto, descubra o novo homem ou a nova mulher que vive a seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo e interessante par.
Tenho certeza de que seus filhos os respeitarão pela decisão de se
manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças.
Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão; por isso,
de vez em quando é necessário casar-se de novo,
mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.

Stephen Kanitz é administrador por Harvard

‘MANUAL DA MULHER RESOLVIDA ‘

1) Se ele se interessou, ele liga !!!! É isso mesmo, quando o cara quer, não tem projeto importante, morte da tia ou trânsito maluco que o impeça de te convidar pra sair.

2) Passou uma semana sem ouvir notícias dele ? Esquece, parte para outra! Ligar para saber se tá tudo bem, nem pensar! Homem que tá perdido merece ser encontrado morto no apartamento, e pelo zelador do prédio, porque os vizinhos não agüentam mais o fedor de carniça…

3) Vocês saí ram e ele não ligou mais. Foi porque você deu? Ou foi porque você não deu? Na verdade, pouco importa. Se o que ele estava a fimera de sexo, e rolou, ótimo! Sexo é que nem pizza bom-até-quando-é-ruim, e tal. Mas se você não deu, ele provavelmente não te procurou mais porque achou que ia dar muito trabalho. Ou seja, pare de se atormentar porque transou ou não!!! Duas lições: dar uma de difícil depois de uma certa
idade já era!!! RIDÍCULO é fazer tipinho!!! E além do mais, você vai se arrepender de ter dado e de não ter dado….

4) HOMENS COMPROMETIDOS – diga não!!! A relação dele tá em crise, péssima, só falta oficializar o fim??? Ótimo! Se ele quiser continuar infeliz, dane-se! Senão, ele termina de uma vez e depois te procura,combinado?

5) Ouviu aquela clássica: ‘Vc é boa demais pra mim…’ Acredite, amiga! É mesmo!!!’ Descarte o cidadão e pare de bancar a Madre Tereza de Calcutá!

6) NÃO TENTE… Não dá pra namorar um cara pelo qual você não tem um mínimo de admiração.

7)TRAIÇÃO – Não continue com um cara que te chifrou se você não agüentar a onda de ser traída de novo. E olho vivo se ele já foi infiel com outras. A gente sempre acha que com a gente vai ser diferente…ESQUEÇA!

Nunca é!

E NÃO esqueça… A ‘FILA ANDA’!!!

‘Pior do que nunca achar o homem certo, é viver pra sempre com o homem errado’

Canção das mulheres

“Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco – em lugar de voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ‘Olha que estou tendo muita paciência com você!’

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha.

Mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa – uma mulher.”

Compreender o outro é uma arte.

Exige esforço, concentração, desprendimento, disposição.

Alguns poderão pensar: “Mas como posso entrar na mente do outro, penetrar seus sentimentos, e descobrir o que se passa lá?”

Aí está a razão da analogia com a arte.

Exige-nos empatia – colocarmos-nos no lugar do outro.

A palavra empatia é derivada do grego “empatheia”, que significa afeto ou paixão, ou ainda “entrar no sentimento”.

Os gregos entendiam que para se observar devidamente uma obra de arte era necessário “entrar em seu sentimento”, observá-la de dentro para fora.

A quarta edição do novo “World College Dictionary”, da Webster, define empatia como: “a projeção de sua própria personalidade na personalidade de outra pessoa, a fim de entendê-la melhor.

É também encontrada como a habilidade de compartilhar as emoções, pensamentos ou sentimentos com outrem.”

Alguns terapeutas abraçam uma definição mais ampla. Dizem que somos empáticos quando respondemos à necessidade do paciente, quando lhe oferecemos o que ele precisa para melhorar.

Sem empatia nos isolamos em nossos próprios sentimentos, sem troca, sem alimentação.

Sem empatia nossas trocas de energia encontram barreiras, linhas imaginárias por onde o sentir não consegue passar.

Sem dúvida alguma, a empatia é um novo estágio nos relacionamentos humanos, fundamental para que cresçamos e nos entendamos em níveis mais profundos. [por Momento em Casa]

June Alves

I am what I am / Gloria Gaynor

I am what I am
Eu sou o que sou

I am my own special creation
Sou minha própria criação especial

So come take a look
Então venha dar uma olhada

Give me the hook
Puxe meu tapete

Or the ovation
Ou sua ovação

It’s my world
Este é meu mundo

That I want to have a little pride
Do qual eu quero me orgulhar

My world
Meu mundo

And it’s not a place I have to hide in
Onde não tenho que me esconder

Life’s not worth a dam
A vida não vale porra nenhuma

‘Till I can say
Até eu poder dizer

I am what I am
Eu sou o que sou
I am what I am
Eu sou o que sou

I don’t want praise I don’t want pity
Eu não quero reconhecimento ou piedade

I bang my own drum
Eu faço a minha música

Some think it’s noise I think it’s pretty
Uns pensam que é barulho, eu acho bonito

And so what if I love each sparkle and each bangle
E daí seu gostar de cada brilho e cada pulseira?

Why not see things from a different angle
Porque não ver as coisas de um ângulo diferente

Your life is a shame
Sua vida é uma vergonha

Till you can shout out I am what I am

Até você poder gritar eu sou o que sou
I am what I am
Eu sou o que sou
And what I am needs no excuses
E sou feita de necessidades sem desculpas

I deal my own deck
Eu dou minhas próprias cartas

Sometimes the aces sometimes the deuces
Algumas vezes dou azes outras dois

It’s one life and there’s no return and no deposit
É uma vida sem retorno e sem garantias

One life so it’s time to open up your closet
Uma vida e é tempo de abrir seu guarda-roupa

Life’s not worth a dam till you can shout out
A vida não vale nada até que você possa gritar

I am what I am

Eu sou o que sou
I am what I am

Eu sou o que sou

It’s one life and there’s no return and no deposit
É uma vida sem retorno e sem garantias

One life so it’s time to open up your closet
Uma vida e é tempo de abrir seu guarda-roupa

Life’s not worth a dam till you can shout out
A vida não vale nada até que você possa gritar

I am what I am

Eu sou o que sou

I am I am I am good
Eu sou boa

I am I am I am strong
Eu sou forte

I am I am I am worthy
Eu sou digna

I am I am I belong

Eu sou e eu pertenço

I am
Eu sou

I am
Eu sou

Who whoooo etc.
Quem? Quem?

I am
Eu sou

I am I am I am useful
Eu sou útil

I am I am I am true
Eu sou verdadeira

I am I am somebody
Eu sou alguém

I am as good as you
Eu sou tão boa quanto você!

Yes I am
Sim, eu sou

Pegue a Musica AQUI

A semente

A semente não pode saber o que vai lhe acontecer, a semente jamais conheceu a flor. E a semente não pode nem mesmo acreditar que traga em si a potencialidade para transformar-se em uma bela flor. Longa é a jornada. E sempre será mais seguro não entrar nela, porque o percurso é desconhecido e nada é garantido… mil e uma são as incertezas da jornada, muitos são os imprevistas – e a semente sente-se em segurança, escondida no interior de um caroço resistente. Ainda assim ela arrisca, esforça-se; desfaz-se da carapaça dura que é a sua segurança, e começa a mover-se. A luta começa no mesmo moento: a batalha com o solo, com as pedras, com a rocha. A semente era muito resistente, mas a plantinha será muito, muito delicada, e os perigos serão muitos.
Não havia perigo para a semente, a semente poderia ter sobrevivido por milênios, mas para a plantinha os perigos são muitos. O brotinho lança-se, porém, ao desconhecido, em direção ao sol, em direção à fonte de luz, sem saber para onde, sem saber por quê. Enorme é a cruz a ser carregada, mas a semente está tomada por um sonho e segue em frente.
Semelhante é o caminho para o homem. Temos que aceitar o campo em que caímos e, mesmo dentro de uma casca rija, acreditar em nossos sonhos e romper esta casca, olhando em volta… Se o ambiente for inóspito, temos que, pacientemente, esperar pela chuva e pelo sol que vêm fortalecer nosso crescimento. Temos que encontrar uma brecha entre as pedras e os espinhos para serpentear nosso caule e abrir nossa copa e nossas flores debaixo do vasto céu azul que nos espera.
Quando enfrentamos uma situação difícil teremos que escolher. Poderemos nos fechar, permanecendo em nossas cascas, poderemos achar um culpado ou podemos enfrentar. A flor nos mostra o caminho, à medida em que a sua paixão pela vida a conduz para fora da escuridão, para o mundo da luz. Para que a semente transforme-se em flor ela deve passar pelos obstáculos.
Seja corajosa o bastante para transformar-se na flor que você foi feita para ser.
June Alves

Temporariamente Fechado para Balanço


Volto dentro de 4 dias com o resultado do balancete pessoal.
É urgente a revisão de conceitos, certezas e mentiras.
É essencial a reformulação de fórmulas emocionais falidas.
É emergencial a reorganização do caos mental.
Grande perigo para os desavizados.
Retorno previsto com novo visual, novas atitudes e nova vida.