Linha do Equador


Equador é a linha imaginária que resulta da intersecção da superfície da Terra com o plano que contém o seu centro e é perpendicular ao eixo de rotação. Esta linha divide a superfície da Terra em dois hemisférios: o Hemisfério Norte, ou Setentrional, que contém o Pólo Norte; e o Hemisfério Sul, ou Meridional, que contém o Pólo Sul.
Fui ao longe só para chegar onde quero… na nossa linha do equador.

Todo ser humano possui suas divisões e seus anseios.
Medos e desejos permeiam nossa alma.
Regras que nos enquadra e nos posiciona ao centro.

Todos sem distinção carecemos de apoio ao eixo da nossa vida.

Luz das estrelas
laço do infinito
gosto tanto dela assim…

…esse imenso, desmedido amor
vai além de seja o que for
vai além de onde eu vou
do que sou, minha dor
minha linha do equador…

…essa desmesura de paixão
é loucura do coração
minha foz do iguaçu
polo sul, meu azul
luz do sentimento nu…

…mas é doce morrer nesse mar
de lembrar e nunca esquecer
se eu tivesse mais alma pra dar
eu daria, isso para mim é viver.

Djavan – Linha do Equador
(Djavan)

O pavor


Deus do céu como o escuro me amedronta!
Me congela os ossos.
Me suga a alma.
Me paralisa.
Domina.
Enlouquece.
As formas bailam como fantasmas.
Os sons se tornam aterrorizantes.
meus piores medos.
Meus piores pesadelos.
Todos no escuro.
Me envolvendo.
Apertando.
Sufocando.
Matando.
Meu rosto já inchado de chorar.
Minha alma já congelada de pavor.
Meus lábios crispados em tensão.
Cada célula do meu corpo stressada.
Tudo porque a luz se apagou e eu estava sozinha.
Em minha própria casa.
E o medo me dominou.
De novo e de novo.
Cada número uma esperança.
A.
B.
C. Alguém.
Álguém sem tempo para ouvir
Sem tempo para consolar os medos de uma garota boba.
D.
E.
F.
G.
H. Alguém.
Alguém cansado de um longo dia.
Alguém cansado para consolar os medos de uma garota tola.
I.
J.
K.
L.
A de novo.
Alguém me ouve.
Alguém me acalma.
Alguém me diz que ainda estou viva.
Alguém me dá uma luz.
Obrigada.
Serei eternamente grata pelos segundos dispensados a minha sanidade mental…
Obrigada por respeitar meus medos…
Obrigada por aceitar me ouvir e devolver o calor aos meus dedos…
Obrigada…