Mulheres Sozinhas


Século XXI. Mulheres na presidência de grandes empresas, mulheres prefeitas, em cargos de liderança, mulheres cheias de sucesso e, até mesmo concebendo e criando seus filhos sem a interferência direta dos homens. Mas poucas são as mulheres que se sentem à vontade para chegar e permanecer em uma festa ou bar sem a companhia masculina. É a suprema ironia, não?
Saiba que é perfeitamente possível comparecer a diversas ocasiões desacompanhada sem parecer um peixe fora d’água. Na verdade requer apenas um pouco de planejamento e a atitude adequada. Afinal, porque perder uma oportunidade de se divertir apenas porque “não tinha com quem ir”?

A mulher pode chegar sozinha? Certamente. Onde quer que seja – uma pizzaria, uma boate ou uma festa – chegue serenamente. Chegar com um ar perdido e encolher-se num canto não irá ajudá-la. Se estiver esperando alguém, avise ao maître e procure um lugar para sentar. No caso de vernissages ou coquetéis de lançamento, lembre-se que as outras pessoas estão indo lá também para o evento e não para reparar se você está só ou não.

E almoçar ou jantar sozinha? Não tem problema, desde que você seja discreta. Folheie uma revista ou um livro, e aproveite para degustar sem pressa sua refeição. Se você fuma, faça-o com calma e capriche no olhar de paisagem. E, se resolver adiantar assuntos ou colocar a conversa em dia, use o celular, muito, mas muito discretamente mesmo.

Posso levantar e cumprimentar um amigo? Não. Deixe que ele venha até você. Em restaurantes basta acenar de longe. Não dá para levantar para cumprimentar conhecidos, sentar em várias mesas para papear e agir como se estivesse em sua casa. É muito deselegante.

Sozinha na festa? – E porque não? Justamente por ser uma festa, as chances de se divertir, encontrar pessoas diferentes e aproveitar a noite aumentam bastante. Se não houver pessoas conhecidas, fique nos primeiros minutos perto dos anfitriões. Depois de algumas apresentações, enturme-se, puxe conversa e não deixe passar a oportunidade de engatar um bom papo.

Como fugir das cantadas indesejáveis? Em restaurantes mantenha a tranqüilidade e peça gentilmente para a pessoa deixá-la sozinha. Se não resolver, chame o maître. Já em festas ou eventos você pode conversar um pouco e sair dizendo que vai conversar com uma amiga. É bem fácil.

Finalmente pense: porque quando percebemos um homem sozinho, alinhado e discreto em qualquer lugar, nossa reação, quase sempre, é de interesse e admiração. Então não há motivo para que conosco – mulheres lindas, poderosas e convenientemente desacompanhas – as coisas sejam diferentes, certo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s