Confusão


Se existe algo que muito me surpreende sou eu mesma. Quando menos espero o mundo gira, se balança, eu perto o equilíbrio e cresço…
Tentei me definir em palavras…
tentei me definir em atitudes…
Mas não dá!
Eu mudo, evoluo, aprendo! Não consigo parar, tampouco consigo ser igual…
Quanto mais reflito, quanto mais penso, quanto mais me conheço, mais sentido faz a frase:
“Só sei que nada sei”
Pois quanto mais me conheço, quanto mais conheço o mundo…
Menos eu me entendo e menos eu entendo o mundo…
E continuo confusa.